Deus e a humanidade: um relacionamento de Pai e filhos.



Oséias 11: 4. Atraí-os com cordas humanas, com laços de amor; e fui para eles como os que tiram o jugo de sobre as suas queixadas, e me inclinei para lhes dar de comer.
8. Como te deixaria, ó Efraim? como te entregaria, ó Israel? como te faria como Admá? ou como Zeboim? Está comovido em mim o meu coração, as minhas compaixões à uma se acendem.


Deus nos atraiu com cordas humanas e com laços de amor. Quem já se sentiu tão bem com alguém a ponto de querer nunca mais sair de perto dessa pessoa, mesmo sabendo que depois de um tempo você vai até enjoar um pouco? Mas com Deus Ele não enjoa da gente. 

Ele não nos atraiu porque somos bons, mas porque Ele é. Não é sobre nós, é sobre Ele e que o Ele fez e faz. 

Nesse versículo, Deus usa a analogia, a comparação de quem tira o jugo de nós.
 Mas o que seria jugo? É também chamada de canga ou junta de bois. Jugo era uma espécie de forca, por baixo da qual os romanos faziam passar os inimigos vencidos nas batalhas. No sentido figurado, jugo significa submissão, obediência, autoridade, domínio, opressão, sujeição. Ou seja, Ele nos tirou o jugo pesado que carregávamos. E sim, Ele se inclinou para nos dar de comer (V.4). E agora, Ele faz a analogia de um Pai e filho.  Assim que a criança começa a se alimentar, é necessário paciência e dedicação, pois não é qualquer alimentação que a criança pode comer. Mas imagine só, Alguém tão sublime e elevado em Glória, se inclinou para nos dar de comer, se inclinou quando veio em forma humana, se inclinou quando lavou os pés dos seus discípulos. Quando Deus faz isso, Ele me ensina duas coisas: Amor e Humildade. E quantas vezes eu não fui amorosa, quantas vezes eu não tive ou não usei a humildade que Ele, com atos, me ensinou? 

O coração dEle ficou comovido. Quando olho pra esse versículo e o contexto em que estava inserido, pois havia sido, naquele momento a Israel, mas nós também podemos aplicar a nossas vidas, pois como que Ele haveria de deixar de nos amar quando já havia dedicado tanto tempo? Como haveria de nos esquecer quando já havia se inclinado a nos alimentar? Como haveria de nos deixar, quando já havia morrido numa cruz e ressuscitado por nos amar? Foi com laços de Amor que Ele nos atraiu, foi com Graça que Ele nos mantém, Ele é amoroso demais para nos desamparar. 

A correção não deixa de vir, pois o que fazemos também colhemos, mas até a correção dEle é carregada de Amor, pois a definição de Amor nada mais é do que Jesus. Por isso, quando se sentir oprimido e tão cansado, quando sentir que está com jugo e fardos pesados demais, se lembre que Ele tirou o jugo pesado que carregávamos, e ouça a voz mais doce a te dizer: "Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve." 
(Mateus 11:28-30) .

Descanse no Senhor, Ele é o Bom Pai que se inclinou para te dar de comer, se recorde que esse amor é maior que seu erro, pois esse Amor ultrapassa o mundo inteiro. ❤️



0 comentários:

Postar um comentário

My Instagram