Esaú e Jacó: o que os diferencia?


Não é a aparência que os diferencia, ou até mesmo a cor dos seus olhos, ou porque um era mais peludo e o outro não, ou porque um gostava de ir ao campo, e o outro gostava de ajudar sua mãe, e sim porque um, mesmo falho, acreditava nas promessas que Deus havia feito a seu avô Abraão, porque um sabia e cria no Deus de Abraão e Isaque, e sabia o quanto a primogenitura significava, pois sabia que possuía valor, e não preço.

Esaú era o mais chegado ao pai, e Jacó, mais chegado a mãe (Gn 25.28), e desde a gestação e o nascimento havia certa oposição dos dois (Gn 25.22). Porém, estando Esaú chegando do campo com muita fome, estava Jacó preparando um guisado, logo Esaú pediu um pouco do que comer a Isaque, porém ele queria algo em troca: a primogenitura (Gn 25.31-33). Ambos sabiam o quanto isso significava. Mas, como Esaú estava com fome e só pensava no guisado que Jacó estava fazendo, logo fez a troca, porém a venda da primogenitura que pertencia a Esaú, e passaria a pertencer a Jacó, lhe custaria muito caro mais tarde, pois após ter desprezado o direito da primogenitura, ainda assim queria a benção que ela proporcionava. 

Certo tempo depois, já perto de morrer, Isaque pede a Esaú que prepare para ele um guisado, e que assim que ele comesse, lhe entregaria a benção da primogenitura, porém, Rebeca ouviu tudo e logo diz a Jacó para vestir roupas de Esaú, para que se parecesse com ele e para que seu pai não desconfiasse, pois era idoso e já não enxergava. Após Rebeca preparar o guisado (Gn 27.14) como seu esposo gostava, Jacó então se passa por Esaú, Isaque sabia que a voz era de Isaque, porém por conta das roupas de Esaú, parecia ser de fato Esaú, e lhe entrega a benção. Esaú chega um tempo depois, acreditando que receberia a benção do seu pai, porém Rebeca, sabendo que Esaú sentia raiva de seu irmão Jacó, logo pede que ele vá até a casa de seu tio Labão, irmão de Rebeca (Gn 27.6-46). Porém, assim como Esaú recebeu a consequência por ter vendido sua primogenitura, Jacó também receberia a consequência por ter mentido  e enganado a seu pai Isaque.

Assim como Esaú, mediante a fome que estava, trocou algo tão precioso por um prato de lentilhas, assim também pode acontecer conosco se não nos atentarmos ao valor do que Deus já nos concedeu: A Salvação mediante Jesus. Mas será que eu e você já trocamos o Jardim Secreto com Deus por algo tão banal? Talvez você esteja trocando essa dádiva por série, por filme, baladas, ressentimentos, amargura, ódio, falta de perdão e até mesmo por amigos e pessoas. E assim como ele sabia o que estava destinado a ele por ser o primogênito de Isaque, mas mesmo assim, ainda decide trocar. E isso tem tanto valor e significado, que ao invés de falarmos Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, falaríamos Deus te Abraão, de Isaque e Esaú?

Isso mostra claramente que há decisões que definem todo o nosso futuro, e por isso cada decisão deve ser tomada com a direção de Deus.

Mas Jacó, também precisou arcar com suas consequências. Precisou se refugiar na casa do seu tio Labão, e que mais tarde seria enganado por ele quando entregaria sua filha Leia , no lugar de Raquel para ser sua esposa, teve que ficar longe dos seus pais, e não os viu no final de seus dias, e mais tarde, tendo que fazer o caminho de volta, (porque todo aquele que mente, que engana, sempre acaba refazendo o caminho, pois a falta de perdão só cria raízes ruins) fica temeroso do seu reencontro com Esaú.

Mas não para por aí, a Bíblia diz que o próprio Deus rejeitou a Esaú, mas amou a Jacó (Rm 9.13) porque Esaú desprezou a primogenitura (Gn 25.34) , mas ainda assim queria a benção que a primogenitura proporcionava, isso nos lembra quando Deus diz que todo aquele que põe a mão no arado e olha pra trás, não é digno ou apto para entrar no Reino de Deus (Lc 9.62), assim como também aconteceu com a mulher de Ló (Gn 19.26). Mas entenda: cair, tropeçar e errar, é natural do ser humano, mas o que Deus quer de nós é sinceridade de coração, é estar no Caminho e por mais difícil que esteja ainda assim continuar, e não vir a Deus apenas para receber as bençãos que Ele tem para nos dar, Deus quer relacionamento, e relacionamento requer tempo, pois ainda há chance para o Jacó que erra e se arrepende, pois Deus muda seu nome para Israel, mas pra quem se aproxima de Deus apenas querendo o que Ele tem a oferecer, mas despreza aquEle que concede os benefícios, não passa de interesse. 

Confie nos propósitos de Deus, Ele sabe o que é melhor pra gente, por mais que não entendamos. Continue crendo que Deus faz, mas continue crendo que Deus é. Ele pode nos transformar por dentro, Ele sabe o quanto somos dependentes de Sua misericórdia, porque Deus olha para o nosso coração e nossas intenções. 

E se Deus olhasse para dentro de nós, o que Ele acharia: Um Esaú, ou um Israel?

0 comentários:

Postar um comentário

My Instagram